Páscoa e as Infinitas Possibilidades

O Que Simboliza a Páscoa?

A Páscoa simboliza um novo começo.  É o ressurgir para uma nova concepção da vida.  Significa, principalmente, abandonar os antigos padrões de pensamentos que habitualmente são focados nos aspectos negativos de uma situação, condição ou “modo de ser”, e que, em razão de um despertar causado por este momentum único, são substituídos pelo discernimento de uma nova realidade, graças à percepção e aceitação de novos padrões e hábitos de pensamentos que revelam um novo contexto de infinitas possibilidades, a partir do qual o foco da nossa atenção passa a ser dirigido para aquilo que realmente seja importante e fundamental para superar desafios e realizar progresso.

Significa crucificar as ultrapassadas e enganosas crenças baseadas nos falsos e limitantes conceitos de escassez, por trás de todo tipo de desafio, e ressurgir para a percepção de que a abundância é o fato e a condição natural das coisas, do universo e do seu ser.  É tomar posse de sua identidade verdadeira, o que possibilita você a ser capaz de demonstrar o domínio que é seu por direito divino de se mostrar superior às circunstâncias e condições humanas de sofrimentos.

Uma maneira eficaz de viabilizar a aplicação prática desta interpretação estratégica para te tirar de um túmulo de sofrimentos e de aparente derrotas, seria compreender de forma esclarecida as seguintes questões, o que implica em voltar o foco da sua atenção para sua própria mentalidade e descobrir o seguinte:

1 – A existência é puramente mental;

2 – Coisas, circunstâncias, condições, oportunidades, recursos e atividades são pensamentos exteriorizados, ou, melhor ainda, são manifestações dos seus próprios pensamentos;

3 – E que, assim sendo, basta melhorar a qualidade dos seus pensamentos para melhorar a qualidade da sua vida.

Olhar para fora de nós mesmos em busca de salvação ou solução para nossos desafios é “correr atrás do vento” e tentar escaparmos da responsabilidade de, uma hora, cedo ou tarde, termos que demonstrar a conexão e unidade indissolúveis que existe entre nós, como efeitos, e a Fonte da Existência, como Causa Única, a que denominamos Deus.

Tenha uma boa Páscoa, ou melhor, desperte para a conscientização de ter que tomar posse da convicção absoluta de que um poder infinito está eternamente disponível para você usar e provar que nada, absolutamente nada, pode impedir você de progredir e de demonstrar a abundância da vida em todas as áreas de mentalização humana. Isso é celebrar a ressurreição para uma vida de possibilidades infinitas!

Então falou Deus todas estas palavras: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. (Êxodo 20:1-3)

Deixe um comentário

Rolar para cima